6.2.2. Usando a Aplicação RHN Push

Nota

É recomendado criar pelo menos um canal privado para receber os pacotes personalizados antes do upload, já que é necessário um canal para os sistemas obterem os pacotes.
O seguinte comando faz o upload dos cabeçalhos dos pacotes para o RHN Satellite Server e copia os pacotes para o repositório do RHN Satellite Server.
rhnpush -c label_of_private_channelpkg-list
Você pode sobrescrever a configuração do seu RHN Push especificando opções e valores na linha de comando:
rhnpush -c label_of_private_channel --server localhost pkg-list
A etiqueta_do_canal_privado é o canal personalizado criado para receber estes pacotes. Assegure-se de usar a etiqueta exata especificada para o canal durante sua criação. Se você tem um ou mais canais especificados (usando -c ou --channel), os cabeçalhos dos pacotes enviados são linkados a todos os canais identificados. Se você não especificar um canal, os pacotes são depositados na seção Sem Canais da página Administração de Pacotes. Consulte a Seção 4.6, “Atribuindo Pacotes aos Canais de Software” para instruções sobre a reatribuição de pacotes.
A opção --server especifica o servidor no qual os pacotes são instalados e é obrigatória. O RHN Push pode ser instalado em sistemas externos, mas recomenda-se rodá-lo localmente no RHN Satellite Server.
A referência pkg-list representa a lista de pacotes para o upload. Alternativamente, use a opção -d para especificar o diretório local que contém os pacotes a serem adicionados ao canal. O RHN Push também pode acessar a lista de pacotes pelo input padrão (usando --stdin).