4.4. Teste dos efeitos da profundidade de E/S no desempenho do VDO

Estes testes determinam a profundidade de E/S que produz a melhor produtividade e a menor latência para sua configuração VDO. A profundidade de E/S representa o número de solicitações de E/S que a ferramenta fio apresenta de cada vez.

Como a VDO usa um setor de 4 KiB tamanho, os testes realizam testes em 4 KiB I/O operações, e profundidade I/O de 1, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, e 1024.

4.4.1. Teste do efeito da profundidade de E/S em 100% das leituras seqüenciais em VDO

Este teste determina como as operações seqüenciais 100% lidas se realizam em um volume VDO em diferentes valores de profundidade de E/S.

Procedimento

  1. Criar um novo volume VDO.

    Para maiores detalhes, ver Seção 4.2, “Criação de um volume VDO para testes de desempenho”.

  2. Preencha quaisquer áreas que o teste possa acessar realizando um trabalho de escrita fio sobre o volume do teste:

    # fio --rw=write \
          --bs=8M \
          --name=vdo \
          --filename=/dev/mapper/vdo-test \
          --ioengine=libaio \
          --thread \
          --direct=1 \
          --scramble_buffers=1
  3. Registre o rendimento e a latência relatados para leituras seqüenciais de 100%:

    # for depth in 1 2 4 8 16 32 64 128 256 512 1024 2048; do
      fio --rw=read \
          --bs=4096 \
          --name=vdo \
          --filename=/dev/mapper/vdo-test \
          --ioengine=libaio \
          --numjobs=1 \
          --thread \
          --norandommap \
          --runtime=300 \
          --direct=1 \
          --iodepth=$depth \
          --scramble_buffers=1 \
          --offset=0 \
          --size=100g
      done
  4. Retirar o volume de teste VDO.

    Para maiores detalhes, ver Seção 4.3, “Limpeza do volume de testes de desempenho do VDO”.