3.2. Renomeando os dispositivos IPoIB

Por padrão, os nomes dos kernel IP sobre dispositivos InfiniBand (IPoIB), por exemplo, ib0, ib1, e assim por diante. Para evitar conflitos, a Red Hat recomenda a criação de uma regra no gerenciador de dispositivos udev para criar nomes persistentes e significativos, tais como mlx4_ib0.

Pré-requisitos

  • Um dispositivo InfiniBand é instalado no host.

Procedimento

  1. Mostrar o endereço do hardware do dispositivo. Por exemplo, para exibir o endereço do dispositivo chamado ib0, digite:

    # ip link show ib0
    8: ib0: >BROADCAST,MULTICAST,UP,LOWER_UP< mtu 65520 qdisc pfifo_fast state UP mode DEFAULT qlen 256
        link/infiniband 80:00:02:00:fe:80:00:00:00:00:00:00:00:02:c9:03:00:31:78:f2 brd 00:ff:ff:ff:ff:12:40:1b:ff:ff:00:00:00:00:00:00:ff:ff:ff:ff

    Os últimos oito bytes do endereço, marcados em negrito no exemplo, são necessários para criar uma regra udev na próxima etapa.

  2. Edite o arquivo /etc/udev/rules.d/70-persistent-ipoib.rules, e anexe uma regra ACTION. Por exemplo, para configurar uma regra que renomeia o dispositivo com o endereço de hardware 00:02:c9:03:00:31:78:f2 para mlx4_ib0, anexe a seguinte linha:

    ACTION==="add==="add==", SUBSYSTEM==="net===="DRIVERS==="?*", ATTR{tipo}=="32=", ATTR{address===="?*00:02:c9:03:00:31:78:f2", NAME="mlx4_ib0"
  3. Reiniciar o anfitrião:

    # reinicialização

Recursos adicionais