Menu Close
Settings Close

Language and Page Formatting Options

Red Hat Training

A Red Hat training course is available for RHEL 8

10.5. Criação de um volume lógico RAID0 (listrado)

Um volume lógico RAID0 espalha dados lógicos de volume através de múltiplos subvolumes de dados em unidades de tamanho de faixa.

O formato para o comando para criar um volume RAID0 é o seguinte.

lvcreate --type raid0[_meta] --stripes Stripes --stripesize StripeSize VolumeGroup [PhysicalVolumePath...]

Tabela 10.2. Parâmetros de criação de comandos RAID0

ParâmetroDescrição

--type raid0[_meta]

A especificação raid0 cria um volume RAID0 sem volumes de metadados. Especificando raid0_meta cria um volume RAID0 com volumes de metadados. Como o RAID0 não é resistente, ele não precisa armazenar nenhum bloco de dados espelhado como RAID1/10 ou calcular e armazenar qualquer bloco de paridade como o RAID4/5/6. Portanto, ele não precisa de volumes de metadados para manter o estado sobre o progresso da ressincronização dos blocos espelhados ou de paridade. Os volumes de metadados tornam-se obrigatórios em uma conversão de RAID0 para RAID4/5/6/10, no entanto, e especificando raid0_meta pré-aloca esses volumes de metadados para evitar uma respectiva falha de alocação.

--stripes Stripes

Especifica o número de dispositivos para distribuir o volume lógico.

--stripesize StripeSize

Especifica o tamanho de cada listra em kilobytes. Esta é a quantidade de dados que é escrita em um dispositivo antes de passar para o dispositivo seguinte.

VolumeGroup

Especifica o grupo de volume a ser utilizado.

PhysicalVolumePath …​

Especifica os dispositivos a serem utilizados. Se isto não for especificado, a LVM escolherá o número de dispositivos especificados pela opção Stripes, um para cada faixa.

Este procedimento de exemplo cria um volume lógico LVM RAID0 chamado mylv que risca os dados nos discos em /dev/sda1, /dev/sdb1, e /dev/sdc1.

  1. Rotule os discos que você usará no grupo de volume como volumes físicos LVM com o comando pvcreate.

    Atenção

    Este comando destrói quaisquer dados em /dev/sda1, /dev/sdb1, e /dev/sdc1.

    # pvcreate /dev/sda1 /dev/sdb1 /dev/sdc1
      Physical volume "/dev/sda1" successfully created
      Physical volume "/dev/sdb1" successfully created
      Physical volume "/dev/sdc1" successfully created
  2. Criar o grupo de volume myvg. O seguinte comando cria o grupo de volume myvg.

    # vgcreate myvg /dev/sda1 /dev/sdb1 /dev/sdc1
      Volume group "myvg" successfully created

    Você pode usar o comando vgs para exibir os atributos do novo grupo de volume.

    # vgs
      VG   #PV #LV #SN Attr   VSize  VFree
      myvg   3   0   0 wz--n- 51.45G 51.45G
  3. Crie um volume lógico RAID0 a partir do grupo de volume que você criou. O seguinte comando cria o volume RAID0 mylv a partir do grupo de volume myvg. Este exemplo cria um volume lógico de 2 gigabytes de tamanho, com três faixas e uma faixa de 4 kilobytes.

    # lvcreate --type raid0 -L 2G --stripes 3 --stripesize 4 -n mylv myvg
      Rounding size 2.00 GiB (512 extents) up to stripe boundary size 2.00 GiB(513 extents).
      Logical volume "mylv" created.
  4. Criar um sistema de arquivo no volume lógico RAID0. O seguinte comando cria um sistema de arquivo em ext4 no volume lógico.

    # mkfs.ext4 /dev/myvg/mylv
    mke2fs 1.44.3 (10-July-2018)
    Creating filesystem with 525312 4k blocks and 131376 inodes
    Filesystem UUID: 9d4c0704-6028-450a-8b0a-8875358c0511
    Superblock backups stored on blocks:
            32768, 98304, 163840, 229376, 294912
    
    Allocating group tables: done
    Writing inode tables: done
    Creating journal (16384 blocks): done
    Writing superblocks and filesystem accounting information: done

    Os seguintes comandos montam o volume lógico e informam o uso do espaço em disco do sistema de arquivos.

    # mount /dev/myvg/mylv /mnt
    # df
    Filesystem             1K-blocks     Used  Available Use% Mounted on
    /dev/mapper/myvg-mylv    2002684     6168    1875072   1% /mnt