16.2. Problemas após a Instalação

16.2.1. Áreas de Trabalho Gráficas Remotas e o XDMCP

Se você instalou o Sistema X Window System e gostaria de se autenticar ao seu sistema Red Hat Enterprise Linux usando um gerenciador de login gráfico, habilite o X Display Manager Control Protocol (XDMCP). Este protocolo permite que usuários remotos autentiquem-se a um ambiente de área de trabalho a partir de qualquer cliente que seja compatível com o X (como por exemplo uma estação de trabalho ou terminal X11 conectado à rede). O procedimento abaixo explica como habilitar o XDMCP.

Procedimento 16.3. Enabling XDMCP no IBM System z

  1. Abra o arquivo de configuração do /etc/gdm/custom.conf em um editor de texto simples como o vi ou nano.
  2. No arquivo custom.conf, localize a seção iniciando com [xdmcp]. Nesta seção, adicione a seguinte linha:
    Enable=true
  3. Salve o arquivo e saia do editor de texto.
  4. Reinicie o X Window System. Para fazer isto, reinicialize todo o sistema, ou reinicie o GNOME Display Manager usando o seguinte comando como root:
    # systemctl restart gdm.service
    Espere pela solicitação do login e autentique-se usando seu nome de usuário normal e senha.
O servidor System z é agora configurado para XDMCP. Você pode conectá-lo a partir de outra estação de trabalho (cliente) iniciando uma sessão X remota com o comando X na estação de trabalho cliente. Por exemplo:
$ X :1 -query address
Substitua endereço pelo nome de host do servidor X11 remoto. O comando conecta ao servidor remoto X11 usando o XDMCP e exibe a tela de login gráfica remota na tela :1 do sistema servidor X11 (normalmente acessível pressionando a combinação de teclas Ctrl-Alt-F8).
Você também pode acessar sessões de áreas de trabalho remotas usando um servidor X11 aninhado (nested), o qual abre a área de trabalho remota como uma janela na sua sessão X11 atual. O Xnest permite que usuários abram uma área de trabalho remota dentro das suas sessões X11 locais. Por exemplo, rode o comando Xnest usando o seguinte comando, substituindo endereço pelo nome de host do servidor X11 remoto.:
$ Xnest :1 -query address
Para mais informações sobre o XDMCP, veja a documentação X Window System em http://www.x.org/releases/X11R7.6/doc/libXdmcp/xdmcp.html.

16.2.2. Seu sistema está exibindo erros 'Signal 11'?

Um erro signal 11, normalmente chamado de falha de segmentação, significa que o programa acessou uma localidade de memória que não foi atribuída a ele. Um erro signal 11 pode ocorrer devido a um erro em um dos programas instalados, ou devido a hardware defeituoso.
Se você receber um erro fatal signal 11 durante a instalação, certifique-se de que você está usando as imagens de instalação mais recentes, e deixe Anaconda verificá-los para se certificar que não estão corrompidos. Mídia de instalação ruins (como um disco ótico indevidamente gravado ou riscado) são uma causa comum de erros signal 11. É recomendado verificar a integridade da mídia de instalação antes de cada instalação.
Para obter informações sobre como obter a mídia de instalação mais recente, veja Capítulo 1, Baixando o Red Hat Enterprise Linux. Para executar uma verificação de mídia antes de iniciar a instalação, anexe a opção de inicialização rd.live.check no menu de inicialização. Veja Seção 20.2.2, “Verificando a Mídia de Inicialização” para mais detalhes.
Outras possíveis causas são além do escopo deste documento. Consulte a documentação do fabricante do hardware para obter mais informações.