14.3. Instalando sob z/VM (máquina virtual)

Ao instalar sob o z/VM, você pode inicializar a partir de:
  • z/VM leitor virtual
  • um DASD ou um dispositivo de SCSI de FCP anexado preparado com o carregador de inicialização do zipl.
  • um drive de DVD SCSI de FCP anexado
Faça o login em z/VM como a conta convidada Linux. Você poderá usar o x3270 ou o emulador de terminal c3270 disponível no pacote texto x3270 no Red  Hat Enterprise  Linux para se registrar no z/VM a partir de outros sistemas Linux. Como forma alternativa, use o emulador do terminal IBM 3270 no console de gerenciamento do IBM System  z. Se você estiver trabalhando em uma máquina com um Microsoft Windows, Jolly Giant ( http://www.jollygiant.com/) oferece um emulador 3270 com SSL ativado. Existe também uma porta livre nativa do c3270 chamada wc3270.

Nota

Se sua conexão 3270 for interrompida e você não conseguir se autenticar novamente por causa da sessão anterior ainda estar ativa, você pode substituir a sessão antiga por uma nova inserindo o seguinte comando na tela de logon do z/VM.
logon user here
Substitua o user pelo nome da máquina virtual convidada z/VM. Dependendo se o gerenciador de segurança externa, por exemplo o RACF, estiver em uso, o comando do logon pode variar.
Se você já não estiver executando o CMS (sistema operacional de usuário único distribuído com o z/VM) em seu convidado, inicialize-o agora inserindo o comando:
cp ipl cms
Tenha a certeza de usar os discos do CMS tal como um disco A (geralmente tendo o número do dispositivo 0191) como alvos de instalação. Para descobrir quais discos estão em uso pelo CMS use a seguinte pesquisa:
query disk
Você pode usar os seguintes comandos de pesquisa CP (Programa de Controle do z/VM, o qual é o hipervisor do z/VM) para descobrir sobre a configuração de sua máquina virtual convidado z/VM:
  • Pesquise a memória principal disponível, a qual é chamada de storage na terminologia do System z. Seu convidado deve possuir ao menos 1 GB de memória principal.
    cp query virtual storage
  • Pesquisar dispositivos de rede disponíveis no tipo:
    osa
    OSA – CHPID tipo OSD, real ou virtual (VSWITCH ou GuestLAN), ambos no modo QDIO
    hsi
    HiperSockets – CHPID tipo IQD, real ou virtual (GuestLAN tipo Hipers)
    lcs
    LCS – CHPID tipo OSE
    Por exemplo, para pesquisar todos os tipos de dispositivos de rede mencionados acima, execute:
    cp query virtual osa
  • Pesquisa disponível DASDs. Somente aqueles que são sinalizados com o RW para modo leitura-gravação pode ser utilizado como alvos de instalação:
    cp query virtual dasd
  • Pesquisar canais de FCP disponíveis:
    cp query virtual fcp

14.3.1. Usando o leitor z/VM

Realizar os seguintes passos para inicializar a partir do leitor z/VM:
  1. Se for necessário, adicione o dispositivo contendo as ferramentas TCP/IP da z/VM à lista de discos do seu CMS. Por exemplo:
    cp link tcpmaint 592 592
    acc 592 fm
    Substitua fm por qualquer letra do FILEMODE.
  2. Executar o comando:
    ftp host
    Onde host é o nome do host ou endereço IP do servidor FTP que acomoda as imagens de inicialização (kernel.img e initrd.img).
  3. Autentique-se e execute os seguintes comandos (use a opção repl se você estiver sobrescrevendo os arquivos kernel.img, initrd.img, generic.prm, ou redhat.exec existentes):
    cd /location/of/install-tree/images/ 
    ascii  
    get generic.prm (repl  
    get redhat.exec (repl  
    locsite fix 80  
    binary  
    get kernel.img (repl  
    get initrd.img (repl  
    quit
  4. Como forma opcional verifique se os arquivos foram transferidos corretamente usando o comando CMS filelist para mostrar os arquivos recebidos e seus formatos. É importante que o kernel.img e initrd.img possuam um formato de comprimento de gravação denotado pelo F na coluna Formato e um comprimento de gravação de 80 na coluna Lrecl. Por exemplo:
    VMUSER FILELIST A0 V 169 Trunc=169 Size=6 Line=1 Col=1 Alt=0
    Cmd Filename	Filetype	Fm	Format	Lrecl	Records	Blocks	Date	Time
        REDHAT	EXEC		B1	V	22	1 	1	4/15/10	9:30:40 
        GENERIC	PRM		B1	V	44	1	1	4/15/10	9:30:32 
        INITRD	IMG		B1	F	80	118545	2316	4/15/10	9:30:25 
        KERNEL	IMG		B1	F	80	74541	912	4/15/10	9:30:17
    
    Pressione a tecla PF3 para sair do filelist. e retorne à solicitação do CMS.
  5. Padronizar parâmetros de inicialização em generic.prm se necessário. Veja Seção 14.1, “Padronizando generic.prm para detalhes.
    Uma outra forma de configurar os dispositivos de armazenamento e rede é utilizando um arquivo de configuração CMS. Neste caso, adicione os parâmetros CMSDASD= e CMSCONFFILE= à generic.prm. Veja Seção 18.2, “O Arquivo de Configuração do z/VM.” para obter mais detalhes.
  6. Finalmente, execute o script do REXX redhat.exec para inicializar o programa de instalação:
    redhat

14.3.2. Usando um DASD preparado

Inicialize a partir de um DASD preparado e selecione a entrada do menu de inicialização zipl referenciando o programa de instalação do Red Hat Enterprise Linux. Use um comando da seguinte forma:
cp ipl DASD_device_number loadparm boot_entry_number
Substitua o DASD_device_number pelo número de dispositivo do dispositivo de inicialização, e boot_entry_number pelo menu de configuração do zipl para este dispositivo. Por exemplo:
cp ipl eb1c loadparm 0

14.3.3. Usando um Disco SCSI de FCP anexado preparado.

Realizar os seguintes passos para inicializar de um disco SCSI de FCP anexado preparado:
  1. Configure o carregardor de inicialização SCSI do z/VM para acessar o disco SCSI preparado na FCP Storage Area Network. Selecione o menu de inicialização zipl preparado, referindo-se ao instalador do Red Hat Enterprise Linux. Use o comando da seguinte forma:
    cp set loaddev portname WWPN lun LUN bootprog boot_entry_number
    Substitua o WWPN pelo Nome da Porta Mundial do sistema de armazenamento e LUN pelo Número de Unidade Lógica do disco. Os números hexadecimais de 16 digitos devem ser divididos em dois pares de oito digitos cada um. Por exemplo:
    cp set loaddev portname 50050763 050b073d lun 40204011 00000000 bootprog 0
  2. Opcionalmente, confirme suas configurações com o comando:
    query loaddev
  3. Inicialize o dispositivo FCP conectado com o sistema de armazenamento contendo o disco com o seguinte comando:
    cp ipl FCP_device 
    Por exemplo:
    cp ipl fc00

14.3.4. Usando o FCP-attached SCSI DVD Drive

Isto requer um drive de DVD SCSI anexado à uma ponte FCP para SCSI o qual está por sua vez conectado à um adaptador FCP em seu System z. O adaptador do FCP deve se configurado e disponível sob o z/VM.
  1. Insira seu Red Hat Enterprise Linux para o System z DVD no drive de DVD.
  2. Configure o carregador de inicialização do SCSI do z/VM para acessar o drive do DVD na FCP Storage Area Network e especifique 1 para a entrada de inicialização no Red  Hat Enterprise  Linux para System z DVD. Use um comando da seguinte forma:
    cp set loaddev portname WWPN lun FCP_LUN bootprog 1
    Substitua o WWPN pelo WWPN da ponte do FCP-para-SCSI e o FCP_LUN pelo LUN do drive de DVD. Os números hexadecimais de 16 digitos devem ser divididos em dois pares de oito caracteres cada um. Por exemplo:
    cp set loaddev portname 20010060 eb1c0103 lun 00010000 00000000 bootprog 1
  3. Opcionalmente, confirme suas configurações com o comando:
    cp query loaddev
  4. Realize um IPL no dispositivo FCP conectado à ponte FCP-to-SCSI.
    cp ipl FCP_device
    Por exemplo:
    cp ipl fc00