3.6. RAID e outros dispositivos de disco

Algumas tecnologias de armazenamento requerem uma consideração especial quando se utiliza Red Hat Enterprise Linux. Geralmente, é importante entender como essas tecnologias são configuradas, visíveis para Red Hat Enterprise Linux, e como suporte para elas pode ter mudado entre versões principais.

3.6.1. Hardware RAID

O RAID, Redundant Array of Independent Disks (Conjunto Redundante de discos Independentes), permite que um grupo de drives aja como um dispositivo único. Configure qualquer função de RAID fornecida pela placa principal do seu computador, ou anexado às placas de controller, antes de iniciar o processo de instalação. Cada conjunto de RAID ativo aparece como um drive dentro do Red  Hat Enterprise  Linux.

3.6.2. RAID por software

Em sistemas com mais de um disco rígido, você pode usar o programa de instalação do Red  Hat Enterprise  Linux para operar várias unidades como um software matriz RAID de Linux. Com um software matriz RAID, as funções RAID são controladas pelo sistema operacional ao invés de hardware dedicado. Estas funções são explicadas em detalhes no Seção 6.10.4, “Particionamento manual”.

3.6.3. USB Disks

Você pode conectar e configuar armazenamento de USB externo após a instalação. A maioria destes dispositivos são reconhecidos pelo kernel e disponível para uso naquele momento.
Alguns USB drives podem não ser reconhecidos pelo instalador. Se a configuração destes discos no momento da instalação não for vital, desconecte-os para evitar quaisquer problemas futuros.

3.6.4. Considerações para os Conjuntos Intel BIOS RAID

Red  Hat Enterprise  Linux 7 utiliza mdraid para instalação em conjuntos RAID Intel BIOS. Esses conjuntos são detectados automaticamente durante o processo de inicialização e os caminhos de nó de dispositivo podem mudar a cada inicialização. Por esta razão, as modificações locais para /etc/fstab , /etc/crypttab ou outros arquivos de configuração que se referem a dispositivos por seus caminhos de nó do dispositivo podem não funcionar no Red  Hat Enterprise  Linux 7. Portanto, você deve substituir os caminhos de nó de dispositivo (como / dev / sda ) por rótulos do sistema de arquivos ou UUIDs de dispositivos. Você pode encontrar os rótulos do sistema de arquivos e UUIDs de dispositivos usando o comando blkid.

3.6.5. Considerações para inicialização remota Intel BIOS iSCSI

Se você estiver instalando usando o Intel iSCSI Remote Boot, todos os dispositivos de armazenamento conectados iSCSI devem ser desativados, caso contrário, a instalação será bem-sucedida, mas o sistema instalado não irá inicializar.