Capítulo 16. Resolvendo Problemas de Instalação em um Sistema IBM System z

Esse capítulo aborda alguns problemas comuns na instalação e suas soluções.
Para propósitos de depuração, o Anaconda registra ações de instalação em arquivos no diretório /tmp. Estes arquivos se encontram listados da seguinte tabela:

Tabela 16.1. Arquivos de Log gerados durante a Instalação

Arquivos LogConteúdo
/tmp/anaconda.logmensagens gerais do Anaconda
/tmp/program.logtodos os programas externos executados durante a instalação
/tmp/storage.loginformações de módulo de armazenamento extensivo
/tmp/packaging.logmensagens de instalação dos pacotes yum e rpm
/tmp/syslogmensagens de sistema relacionados ao hardware
Se a instalação falhar, as mensagens destes arquivos serão consolidadas no/tmp/anaconda-tb-identifier, onde identifier é uma cadeia aleatória.
Todos os arquivos listados acima se encontram no disco RAM do programa de instalação, o que siginifica que não são salvos permanentemente e serão perdidos depois que o sistema for fechado. Para armazená-los de forma permanente, copie estes arquivos para outros sistema na rede usando o scp no sistema executando o instalador, ou copie-os para um dispositivo de armazenamento montado. Detalhes sobre como transferir os arquivos log sob a rede estão abaixo.

Nota

O seguinte procedimento requer que o sistema de instalação possa acesar a rede e o sistema alvo para conseguir receber arquivos pelo protocolo ssh.

Procedimento 16.1. Transferindo Arquivos de Log utilizando a Rede

  1. Acessar a solicitação de terminal no sistema de instalação. Isto pode ser feito das seguintes formas:
    • Em uma sessão que esteja executando o tmux no sistema de instalação, pressione Ctrl+b p e Ctrl+b n para mudar para o terminal anterior ou próximo terminal, e encontre o terminal com um shell de root.
    • Conectar ao sistema de instalação sob ssh.
    Em ambos os casos, você poderá utilizar o shell do sistema de instalação como root.
  2. Mude para o diretório /tmp onde se encontram os arquivos de log:
    # cd /tmp
  3. Copie os arquivos de log para outro sistema na rede utilizando o comando scp:
    # scp *log user@address:path
    Substitua o user por um nome de usuário válido no sistema de alvo, address por um endereço do sistema ou nome de host, e path por um caminho para o diretório onde você deseja salvar os arquivos de log. Por exemplo, se você deseja autenticar como john em um sistema com um endereço IP de 192.168.0.122 e colocar os arquivos de log no diretório /home/john/logs/ neste sistema, o comando terá a seguinte forma:
    # scp *log john@192.168.0.122:/home/john/logs/
    Ao conectar o sistema de alvo pela primeira vez, você pode encontrar uma mensagem parecida com esta a seguir:
    The authenticity of host '192.168.0.122 (192.168.0.122)' can't be established.
    ECDSA key fingerprint is a4:60:76:eb:b2:d0:aa:23:af:3d:59:5c:de:bb:c4:42.
    Are you sure you want to continue connecting (yes/no)?
    Digite yes e pressione Enter para continuar. Depois forneça uma senha válida ao ser solicitado. Os arquivos começarão a transferência para o diretório especificado no sistema alvo.
Os arquivos de log a partir da instalação são agora salvos de forma permanente no sistema alvo e disponivel para revisão.

16.1. Problemas durante a Instalação

16.1.1. Nenhum disco detectado

Quando a instalação se inicia, você pode receber a seguinte mensagem de erro:
Nenhum disco detectado. Por favor encerre o computador, conecte pelo menos um disco, e reinicie para completar a instalação.
Esta mensagem geralmente indica que existe um problema com seus dispositivos do DASD (Direct Access Storage Device) . Se você encontrar este erro, adicione o parâmetro DASD=<discos> ao seu arquivo de parâmetro ou arquivo de configuração CMS (onde discos é o intervalo DASD reservado para a instalação) e inicie a instalação novamente.
Além disso, certifique-se de que os DASDs sejam formatados usando o comando dasdfmt a partir de uma janela de comandos do Linux, ao invés de formatar os DASDs usando CMS. Anaconda detecta automaticamente qualquer dispositivo DASD que não seja formatado ainda e lhe peça para formatar os dispositivos.
Se você estiver instalando um ou mais dispositivos iSCSI e não houver um armazenamento local presente no sistema, assegure-se de que todos os LUNs necessários (Logical Unit Numbers) estejam sendo apresentados ao HBA apropriado (Host Bus Adapter). Para informações adicionais sobre o iSCSI, veja Apêndice B, Discos iSCSI.

16.1.2. Reportando Mensagens Traceback

Se o programa de instalação gráfico encontrar um erro, ele apresentará uma caixa de diálogo relatando o problema. Você pode então optar por enviar informações sobre o problema que você encontrou à Red Hat. Para enviar um relatório de falha, você precisará inserir suas credenciais do Portal do Cliente. Se você não tem uma conta no Portal do Cliente, você pode se cadastrar no https://www.redhat.com/wapps/ugc/register.html. Relatórios de falhas automatizados também requerem uma conexão de rede.
A Caixa de Diálogos de Relatório de Travamentos

Figura 16.1. A Caixa de Diálogos de Relatório de Travamentos

Quando o diálogo aparecer, selecione Report Bug para reportar o problema, ou Quit para sair da instalação.
Opcionalmente, clique em Mais informações para exibir a saída detalhada que poderá ajudar a determinar a causa do erro. Se você estiver familiarizado com a depuração, clique em Debug . Isto irá levá-lo ao terminal virtual tty1 , onde você poderá solicitar informações mais precisas que irão reforçar o relatório de bug. Para voltar à interface gráfica de tty1 , use o comando continuar .
A caixa de diálogos de relatório de travamento expandido

Figura 16.2. A caixa de diálogos de relatório de travamento expandido

Se você quiser relatar o bug para o Portal do Cliente, siga o procedimento abaixo.

Procedimento 16.2. Relatando Erros para o Suporte da Red Hat

  1. No menu que aparecer, selecione Report a bug to Red Hat Customer Portal.
  2. Para relatar um erro para a Red Hat, você primeiro precisa fornecer suas credenciais do Portal do Cliente. Clique em Configure Red Hat Customer Support.
    Credenciais do Portal do Cliente

    Figura 16.3. Credenciais do Portal do Cliente

  3. Uma nova janela será agora aberta, solicitando que você digite o seu nome de usuário e senha do Portal do Cliente. Introduza as suas credenciais Portal do Cliente da Red Hat.
    Configure Red Hat Customer Support

    Figura 16.4. Configure Red Hat Customer Support

    Caso suas configurações de rede lhe solicitem que você use um proxy HTTP ou HTTPS você poderá configurá-lo expandindo o menu Advanced e inserindo o endereço do servidor proxy.
    Quando você insere todas as credenciais necessárias, clique em OK para continuar.
  4. Uma nova janela será exibida, contendo um campo de texto. Anote todas as informações úteis e comentários aqui. Descreva como o erro pode ser reproduzido, explicando cada passo que você tomou antes de aparecer o diálogo de relatórios de falhas. Forneça o máximo de detalhes relevantes possível, incluindo qualquer informação que você adquiriu durante a depuração. Esteja ciente de que as informações fornecidas aqui podem se tornar visíveis publicamente no Portal do Cliente.
    Se você não sabe o que causou o erro, selecione a caixa Eu não sei o que causou este problema na parte inferior da caixa de diálogo.
    Depois, clique em Forward.
    Descreva o Problema

    Figura 16.5. Descreva o Problema

  5. Em seguida, verifique as informações que serão enviadas para o Portal do Cliente. A explicação que forneceu se encontra no comentário . Outros guias incluem informações como o nome do host do seu sistema e outros detalhes sobre o ambiente de instalação. Você pode remover todos os itens que você não quer que sejam enviados para Red Hat, mas esteja ciente de que o fornecimento de menos detalhe pode afetar a investigação do problema.
    Clique no botão Forward quando houver terminado a revisão das informações a serem enviadas.
    Reveja os Dados a Serem Enviados

    Figura 16.6. Reveja os Dados a Serem Enviados

  6. Reveja a lista de arquivos que serão enviados e incluídos no relatório de bug como anexos individuais. Esses arquivos fornecem informações sobre o sistema que vai ajudar a investigação. Se você não deseja enviar determinados arquivos, desmarque a caixa ao lado de cada um. Para fornecer arquivos adicionais que podem ajudar a resolver o problema, clique em Anexar um arquivo .
    Depois de ter revisto os arquivos a serem enviados, marque a caixa Eu revi os dados e concordo em enviá-los . Em seguida, clique Forward para enviar o relatório e anexos para o Portal do Cliente.
    Reveja os Arquivos a serem Enviados

    Figura 16.7. Reveja os Arquivos a serem Enviados

  7. Quando o diálogo relatar que o processamento foi concluído, você pode clicar em Mostrar Log para ver os detalhes do processo de comunicação ou Fechar para voltar à caixa de diálogo de relatório de travamento inicial. Lá, clique em Sair para sair da instalação.