Capítulo 14. Inicializando a Instalação em um Sistema IBM System z

Os passos para realizar a inicialização de programa inicial (IPL) do programa de instalação Anaconda depende do ambiente (tanto z/VM como LPAR) no qual será executado o Red Hat Enterprise Linux .

14.1. Padronizando generic.prm

Se você instalar através de z /VM ou LPAR, para personalizar o generic.prm arquivo baixado, adicione configuração nele para os seguintes itens:
repositório de instalação
Use o inst.repo= option. See Especificando a Fonte de Instalação para detalhes.
dispositivos de rede
Use as opções ip= e nameserver=. Veja Opções de Inicialização de Rede para obter detalhes.
Você também pode usar o rd.znet=, que leva um tipo de protocolo de rede, uma lista delimitada por vírgulas de sub-canais, e, opcionalmente, delimitado por vírgula sysfs e pares de valores, então ativa o dispositivo. Este parâmetro pode ser especificado várias vezes para ativar vários dispositivos de rede. Exemplo:
rd.znet=qeth,0.0.0600,0.0.0601,0.0.0602,layer2=1,portname=foo
rd.znet=ctc,0.0.0600,0.0.0601,protocol=bar
dispositivos de armazenamento
A opção rd.dasd= leva um identificador de bus de dispositivo do adaptador de Direct Access Storage Device (DASD) e separado por vírgulas (opcionalmente) sysfs em valores de pares, depois ativa o dispositivo. Este parâmetro pode ser especificado diversas vezes para ativar os múltiplos DASDs. Exemplo:
rd.dasd=0.0.0200,readonly=0
A opção rd.zfcp= leva um identificador de barramento do dispositivo adaptador SCSI sobre FCP (zFCP), um nome de porta mundial (WWPN), e um FCP LUN, depois ele ativa o dispositivo. Este parâmetro pode ser especificado diversas vezes para ativar múltiplos dispositivos zFCP Exemplo:
rd.zfcp=0.0.4000,0x5005076300C213e9,0x5022000000000000