Capítulo 13. Planejando para a Instalação em um Sistema IBM System z

13.1. Pré-instalação

Red Hat Enterprise Linux 7 executado em zEnterprise 196 ou sistemas de mainframe IBM posteriores.
O processo de instalação entende que você já conhece o IBM System z e pode configurar o logical partitions (LPARs) e máquinas virtuais convidadas z/VM. Para informações adicionais sobre o System z, consulte o http://www.ibm.com/systems/z.
Para instalação do Red Hat Enterprise Linux no System z, Red Hat suporta o DASD (Direct Access Storage Device) es dispositivos de armazenamento FCP (Fiber Channel Protocol).
Antes de instalar o Red Hat Enterprise Linux, você precisa decidir o sequinte:
  • Decida se deseja executar o sistema operacional numa LPAR ou como um sistema operacional convidado z/VM.
  • Determine se você precisa de espaço virtual (swap) e, se precisar, de quanto. Apesar de ser possível (e recomendado) atribuir memória suficiente para z/VM e deixar que esta crie o espaço virtual necessário, há alguns casos nos quais a quantidade de RAM necessária não é previsível. Estas situações devem ser examindas caso-a-caso. Consulte o Seção 15.10.3.5, “Esquema de Particionamento Recomendado”.
  • Decida sobre a configuração de rede. O Red  Hat Enterprise  Linux  pois o IBM System z suporta os seguintes dispositivos de rede:
    • Real e virtual Open Systems Adapter (OSA)
    • Real e virtual HiperSockets
    • LAN channel station (LCS) para OSA real
Você precisa dos seguintes hardwares:
  • Espaço de Disco. Calcular quanto de espaço de disco você precisa e Alocar Espaço de Disco suficiente em DASDs [2] ou SCSI[3]. Você precisa de ao menos 2 GB para as instalações de servidor, enquanto 5  GB para instalar todos os pacotes. Você também precisará de um espaço de disco para qualquer dado de aplicativo. Após a instalação, mais partições de disco do DASD ou SCSI podem ser adicionadas ou removidas como necessário.
    O espaço de disco utilizado pelo Red Hat Enterprise  Linux recentemente instalado (a instância do LInux), deve ser diferente do espaço de disco utilizado por quaisquer outros SOs que estejam instalados em seu sistema.
    Para mais informações sobre a configuração de discos e partições, consulte a Seção 15.10.3.5, “Esquema de Particionamento Recomendado”.
  • RAM. Adquira 1 GB (recomendado) para a instância do Linux. Com algum ajuste, uma instância pode rodar em um mínimo de 512 MB RAM.


[2] Direct Access Storage Devices (ou DASDs) são discos rígidos que permitem um máximo de três (3) partições por DASD. Por exemplo, as partições dasda possuem dasda1, dasda2, e dasda3.
[3] Using the SCSI-over-Fibre Channel device driver (o driver de dispositivo zfcp) e um interruptor dedicado, SCSI LUNs podem ser apresentados ao Linux em System z como se fossem anexados localmente aos drives SCSI.