Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

2.3.4.2. O Diretório /etc/xinetd.d/

O diretório /etc/xinetd.d/ contém os arquivos de configuração para cada serviço gerenciado pelo xinetd e os nomes dos arquivos são correlacionados ao serviço. Como ocorre com o xinetd.conf, este diretório é somente leitura quando o serviço é iniciado. Para quaisquer mudanças terem efeito, o administrador deve reiniciar o serviço xinetd.
O formato dos arquivos no diretório /etc/xinetd.d/ usam as mesmas convenções como o /etc/xinetd.conf. A razão primária que a configuração para cada serviço é armazenada em um arquivo separado é fazer a personalização mais fácil e menos suscetíveis de afetar outros serviços.
Para obter um melhor entendimento de como estes arquivos são estruturados, considere o arquivo /etc/xinetd.d/krb5-telnet:
service telnet
{
	 flags           = REUSE
	 socket_type     = stream
	 wait            = no
	 user            = root
	 server          = /usr/kerberos/sbin/telnetd
	 log_on_failure  += USERID
	 disable         = yes
}
Estas linhas controlam vários aspectos do serviço telnet:
  • service — Especifica o nome do serviço, normalmente um dos listados no arquivo /etc/services.
  • flags — Define um número qualquer de atributos para a conexão. O REUSE instrui o xinetd para reusar p socket para a conexão Telnet.

    Nota

    O sinalizador REUSE está obsoleto. Todos os serviços agora usam implicitamente o sinalizador REUSE.
  • socket_type — Define o tipo de socket de rede para stream.
  • wait — Especifica se o serviço é single-threaded (yes) ou multi-threaded (no).
  • user — Especifica qual ID de usuário o processo o rodará.
  • server — Especifica qual binário executável a dar início.
  • log_on_failure — Especifica os parâmetros de registro de log para o log_on_failure além daqueles já definidos em xinetd.conf.
  • disable — Especifica se o serviço está inativo (yes) ou ativo (no).
Consulte a página man xinetd.conf para mais informações sobre estas opções e seu uso.