Capítulo 1. Visão Geral

O gerenciamento de energia tem sido um de nossos pontos de foco para aprimoramento para o Red Hat Enterprise Linux 6. De uma perspectiva mais ampla, o gerenciamento de energia é somente um dos problemas para o green IT (TI verde) que estende adiante e inclui problemas como materiais recicláveis, produção de sistemas ecológicos, e design adequado e planejamento de sistemas ecológicos. Neste documento, fornecemos diretrizes e informações sobre o gerenciamento de energia de seus sistemas com um Red Hat Enterprise Linux 6.

1.1. Importância do Gerenciamento de Energia

No centro do gerenciamento de energia você entende como otimizar de forma efetiva o consumo de energia de cada componente de sistema. Isto leva a estudos de tarefas diferentes que seu sistema realiza e configurar cada componente para assegurar que seu desempenho é correto para o trabalho.
O maior motivador para o gerenciamento de energia é:
  • reduzindo consumo de energia em geral para economizar energia
O uso correto do gerenciamento de energia em:
  • redução de aquecimento para servidores e centrais de computadores
  • custos secundários reduzidos, incluindo refrigeramento, espaço, cabos, geradores, e uninterruptible power supplies (UPS).
  • tempo de vida de bateria estendido para laptops.
  • resultado de dióxido de carbono mais baixo
  • atendendo às regulamentações do governo ou requerimentos legais a respeito do Green IT, por exemplo Energy Star
  • atendendo às regras da empresa para novos sistemas
Como via de regra, a diminuição do consumo de energia de um componente específico (ou de um sistema como um todo) irá diminuir o aquecimento e naturalidade. Como tal, você deve estudar a fundo e testar a diminuição do desempenho aceita por qualquer configuração que você fizer, especialmente para sistemas de missão crítica.
Ao estudar as tarefas diferentes que seu sistema realiza, e ao configurar cada componente para certificar-se que seu desempenho é o suficiente para o trabalho, você pode economizar energia, gerar menos aquecimento e otimizar a vida da bateria para laptops. Muitos dos princípios para a análise e ajuste de um sistema em relação ao consumo de energia são semelhantes àqueles do ajuste de desempenho. Até um certo ponto, o gerenciamento de energia e ajuste de desempenho são soluções opostas para a configuração do sistema, pois os sistemas são geralmente otimizados quanto ao desempenho ou quanto à energia. Este manual descreve as ferramentas que a Red Hat fornece e as técnicas que desenvolveram para ajudá-lo neste processo.
O Red Hat Enterprise Linux 6 já vem com uma quantia de recursos de gerenciamento de energia que são ativados por padrão. Eles foram todos escolhidos seletivamente para não impactar o desempenho de um servidor comum ou uso de desktop. No entanto, para uso muito específico onde máxima entrada, meor latência ou desempenho de CPU mais alto é crucial, pode ser necessário realizar uma revisão destes padrões.
Para decidir se você deve otimizar suas máquinas usando técnicas descritas neste documento, pergunte-se:
P: Eu preciso otimizar?
P: Quanto eu preciso otimizar?
P: A otimização irá reduzir o desempenho do sistema até um ponto aceitável?
P: O tempo e recursos gastos na otimização do sistema compensam o ganho alcançado?
P:
Eu preciso otimizar?
R:
A importância da otimização de energia depende se sua empresa possui diretrizes que precisam ser seguidas ou se existem algumas regras que você precisa seguir.
P:
Quanto eu preciso otimizar?
R:
Muitas das técnicas que apresentamos não requerem que você passe por todo o processo de auditoria e análise de sua máquina em detalhes, mas ao invéz disso oferece um conjunto de otimizações gerais que geralmente melhoram o uso de energia.
P:
A otimização irá reduzir o desempenho do sistema até um ponto aceitável?
R:
A maioria das técnicas descrita neste documento influencia o desempenho de seu sistema de maneira notável. Se você escolher implementar o gerenciamento de energia além de padrões já existentes no Red Hat Enterprise Linux 6, você deve monitorar o desempenho do sistema após a otimização de energia e decidir se a perda de desempenho é aceitável.
P:
O tempo e recursos gastos na otimização do sistema compensam o ganho alcançado?
R:
A otimização de um sistema único manualmente seguido de um processo inteiro geralmente não compensa, considerando que o tempo de custo gastos ao fazê-lo é maior do que o benefício que geralmente obteria durante toda uma vida de uma máquina única. Por um outro lado, se você por exemplo colocar 10000 sistemas de desktops em seu escritório, todos usando a mesma configuração, então ao criar uma configuração otimizada e aplicá-la à todas as 10000 máquinas pode ser uma boa idéia.
As seções a seguir irão explicar como os benefícios de desempenho de hardware óptimo beneficia seu sistema em relação ao consumo de energia.