2.4. Kit de Ferramenta de Vida da Bateria

O Red Hat Enterprise Linux 6 apresenta o Battery Life Tool Kit (BLTK), um conjunto de tests que simula e analiza a o tempo de vida da bateria e desempenho. O BLTK consegue isto realizando conjuntos de tarefas que estimulam grupos de usuários específicos, tal como um desenvolvedor ou funcionário de escritório e relatando resultados. Embora tenha sido desenvolvido especialmente para testar o desempenho do notebook, o BLTK também pode relatar o desempenho de computadores desktop quando iniciar com a opção -a.
O BLTK permite que você gere cargas de trabalho muito reproduzíveis, que são comparáveis ao uso real de uma máquina. Por exemplo, a carga de trabalho office escreve um texto, corrige, e faz a mesma coisa para uma planilha. Ao rodar um BLTK combinado com um PowerTOP ou qualquer uma das outras ferramentas de análises que você testa se as otimizações que você realizou possuem um efeito quando uma máquina está em uso ao invés de somente em modo ocioso. Como você pode rodar exatamente a mesma carga de trabalho diversas vezes para configurações diferentes, você pode comparar resultados para configurações diferentes.
Instalar BLTK com o comando:
yum install bltk
Executar BLTK com o comando:
bltk workload options
Por exemplo, para executar a carga de trabalho de idle por 120 segundos:
bltk -I -T 120
A carga de trabalho disponível por padrão é:
-I, --idle
sistema está ocioso, para usar como uma base para comparação com outras cargas de trabalho.
-R, --reader
simula documentos de leitura (por padrão com o Firefox)
-P, --player
simula visualizar arquivos de multimídia a partir de um CD ou DVD (por padrão com o mplayer)
-O, --office
simula a edição de documentos com o conjunto OpenOffice.org
Outras opções permitem que você especifique:
-a, --ac-ignore
ignore se a energia AC estiver disponível (necessário para o uso de desktop)
-T number_of_seconds, --time number_of_seconds
o tempo (em segundos) sob o qual o teste é rodado; use esta opção com a carga de trabalho idle
-F filename, --file filename
especifica um arquivo a ser usado por uma carga de trabalho específica, por exemplo, um arquivo para a carga de trabalho player para tocar ao invés de acessar o drive de CD ou DVD.
-W application, --prog application
especifica um aplicativo a ser usado por uma carga de trabalho específica, por exemplo, um browser ao invés de um Firefox para a carga de trabalho do reader
BLTK suporta várias opções mais especializadas. Para detalhes, consulte as páginas man bltk
BLTK grava os resultados que ele gera em um diretório especificado no arquivo de configuração /etc/bltk.conf por padrão, ~/.bltk/workload.results.number/. Por exemplo, o diretório ~/.bltk/reader.results.002/ mantém os resultados do terceiro teste com a carga de trabalho reader (o primeiro teste não é numerado). Os resultados estão espalhados por diversos arquivos texto. Para condensionar estes resultados em um formato que seja fácil de ler, rode:
bltk_report path_to_results_directory
Os resultados agora aparecem em um arquivo texto chamado Report no diretório de resultados. Para visualizar os resultados em um emulador de terminal, use a opção -o:
bltk_report -o path_to_results_directory