1.2. Escalabilidade Horizontal

Os esforços da Red Hat em aprimorar o desempenho do Red Hat Enterprise Linux 6 foca na escalabilidade. Os recursos de aumento de desempenho são avaliados primeiramente baseados em quanto afetam o desempenho de plataforma em áreas diferentes de um spectrum de carga de trabalho — ou seja, a partir de servidores de Web solitários para a mainframe do servidor.
Concentrar-se em escalabilidade permite que o Red Hat Enterprise Linux mantenha a sua versatilidade em diferentes tipos de cargas de trabalho e propósitos. Ao mesmo tempo, isso significa que a medida que sua empresa cresce e suas escalas de carga de trabalho aumentam,a re-configuração de seu ambiente de servidor é menos proibitiva (em termos de custo e mão de obra) e mais intuitiva.
A Red Hat faz melhorias no Red Hat Enterprise Linux, tanto para escalabilidade horizontal quanto para escalabilidade vertical, , no entanto, a escalabilidade horizontal é o caso de uso mais geralmente aplicável. A idéia por trásda escalabilidade horizontal é a utilização de vários computadores padrão para distribuir cargas de trabalho pesadas, a fim de melhorar o desempenho e a confiabilidade.
Em um farm de servidor típico, esses computadores padrão vêm na forma de servidores montados em rack 1U e servidores blade. Cada computador padrão pode ser do tamanho de um sistema de dois soquetes simples, embora algumas farms de servidor utilizam sistemas grandes, com mais soquetes. Algumas redes de nível empresarial misturam sistemas grandes e pequenos, em tais casos, os grandes sistemas são servidores de alto desempenho (por exemplo, servidores de banco de dados) e os pequenos são servidores de aplicação dedicados (por exemplo, servidores de web ou e-mail).
Este tipo de escalabilidade simplifica o crescimento de sua infra-estrutura de TI: um negócio de tamanho médio com uma carga adequada pode só precisar de dois servidores de caixa de pizza para atender todas as suas necessidades. À medida que a empresa contrata mais pessoas, expande suas operações, aumenta seu volume de vendas e assim por diante, as suas necessidades de TI aumentam em volume e complexidade. Escalabilidade horizontal permite que a TI simplesmente implante máquinas adicionais com (principalmente) configurações idênticas, como os seus antecessores.
Para resumir, a escalabilidade horizontal adiciona uma camada de abstração que simplifica a administração de hardware do sistema. Ao desenvolver a plataforma Red Hat Enterprise Linux para escalar horizontalmente, o aumento da capacidade e o desempenho dos serviços de TI podem ser tão simples como a adição de novas máquinas, facilmente configurados.

1.2.1. Computação Paralela

Os usuários se beneficiam de escalabilidade horizontal do Red Hat Enterprise Linux e não apenas porque ele simplifica a administração de hardware do sistema, mas também porque a escalabilidade horizontal é uma filosofia de desenvolvimento adequado, dadas as tendências atuais no avanço hardware.
Considere o seguinte: as aplicações corporativas mais complexas têm milhares de tarefas que devem ser executadas simultaneamente, com diferentes métodos de coordenação entre as tarefas. Enquanto primeiros computadores tinham um processador single-core para conciliar todas essas tarefas, praticamente todos os processadores disponíveis hoje têm múltiplos núcleos. Efetivamente, os computadores modernos colocam múltiplos núcleos em um único soquete, fazendo até mesmo desktops soquetes individuais ou laptops de sistemas multi-processador.
Desde 2010, o padrão Intel e AMD estão disponíveis com 2-16 núcleos. Esses processadores são prevalentes em caixa de pizza ou servidores blade, que agora podem conter até 40 núcleos. Estes sistemas de baixo custo e de alto desempenho trazem capacidades do sistema de grande porte e características para o mainstream.
Para conseguir o melhor desempenho e a utilização de um sistema, cada núcleo tem de ser mantido ocupado. Isso significa que 32 tarefas distintas devem estar em execução para tirar proveito de um servidor blade de 32-núcleos. Se um chassis lâmina contém dez dessas lâminas 32 núcleos, toda a configuração pode processar um mínimo de 320 tarefas simultaneamente. Se essas tarefas fazem parte de um único trabalho, elas devem ser coordenados.
Red Hat Enterprise Linux foi desenvolvido para se adaptar bem às tendências de desenvolvimento de hardware e garantir que as empresas podem se beneficiar totalmente deles. Seção 1.3, “Sistemas Distribuídos” explora as tecnologias que permitem escalabilidade horizontal do Red Hat Enterprise Linux em maior detalhes.