Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

3.2. ext4

Migrar de um ext3

É recomendado para aqueles que desejam fazer uso do ext4 iniciar com uma partição recém formatada. Entretanto, você pode instalar o Red Hat Enterprise Linux 6 com a opção de boot ext4migrate se você deseja converter suas partições ext3 em legacia para ext4. É importante notar que fazendo isso você não receberá todos os benefícios que o ext4 oferece, já que os dados atualmente residindo na partição não farão uso dos recursos de extenção e outras mudanças. Novos dados entretando farão uso das extenções. Passando essa opção de boot para migrar para ext4 não é recomendado e é altamente recomendável que se faça um backup dos sistemas de arquivos antes de tentar esta migração.

Mudanças de Comportamento

O Red Hat Enterprise Linux 6 fornece suporte total para ext4 e é o sistema de arquivos padrão para novas instalações. Esta seção explica as principais mudanças no comportamento que este novo sistema de arquivos apresenta.

  • A versão incluída do carregador de boot GRUB oferece suporte total para partições ext4. O instalador também lhe permite colocar o sistema de arquivos /boot em uma partição ext4.
  • A versão incluída do pacote e2fsprogs está totalmente compatível com o ext4.
  • Em alguns casos, os sistemas de arquivos ext4 criados sob o Red Hat Enterprise Linux 5.3 com o pacote e4fsprogs criou um tipo de sistema de arquivos ext4dev. O recurso test-fs sinaliza identificar esses sistemas de arquivos como uma versão de desenvolvimento pode ser removida com o seguinte comando: tune2fs -E ^test_fs. Isto é feito para que esses sistemas de arquivos sejam reconhecidos como sistemas de arquivos ext4 regulares.