Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

23.15. Criando um Layout Padronizado ou Modificando o Layout Padrão

Se você optou por uma das quatro opções de particionamento automático e não selecionou Revisão, vá para a Seção 23.16, “Gravar mudanças no disco”.
Se você optou por um layout personalizado, você deve indicar ao programa de instalação onde instalar o Red Hat Enterprise Linux. Isto é feito através da definição de pontos de montagem para uma ou mais partições de disco nas quais o Red Hat Enterprise Linux deve ser instalado.
Se você ainda não planejou como configurar as suas partições, consulte o Apêndice A, Introdução às Partições de Disco e a Seção 23.15.5, “Esquema de Particionamento Recomendado”. Você precisa de pelo menos uma partição root de tamanho adequado e uma partição swap com um tamanho duas vezes maior do que a quantidade de RAM disponível no seu sistema.
Com exceção de algumas raras situações, o Anaconda pode atender aos requisitos de particionamento de uma instalação típica.
Particionamento em System z

Figura 23.37. Particionamento em System z

A tela contém dois painéis. O painel de cima contém uma representação gŕafica do DASD, FCP, LUN ou volume lógico selecionado no painel inferior.
Acima da exibição, você poderá rever o nome do Drive (tal como /dev/dasda), Geom (a qual mostra a geometria do disco rígido e consiste de três números representando o número de cilindros, cabeças, e setores como relatado pelo disco rígido) e o Model do disco rígido como detectado pelo programa de instalação.
Usando seu mouse, clique uma vez para destacar um campo específico na tela. Clique duas vezes para editar uma partição existente ou para criar uma partição a partir de espaço livre existente.
O painel inferior contém uma lista de todos os DASDs, FCP LUNs e volumes lógicos a serem usados durante a instalação, como especificado anteriormente no processo de instalação, consulte o Seção 23.10, “Atribuir Dispositivos de Armazenamento”. Observe que se você especificou um CMSDASD em seu arquivo de parâmetro, os nomes do DASD começam em dasdb; dasda foi atribuído ao CMSDASD e este nome não está mais disponível neste ponto no processo de instalação.
Dispositivos são agrupados por tipo. Clique nos triângulos pequenos à esquerda de cada tipo de dispositivo para visualizar ou esconder dispositivos deste tipo.
Anaconda exibe diversos detalhes para cada dispositivo listado:
Dispositivo
o nome do dispositivo, volume lógico, ou partição
Tamanho (MB)
o tamanho do dispositivo, volume lógico, ou partição (em MB)
Ponto de montagem/RAID/Volume
o ponto de montagem (local dentro do sistema de arquivo) no qual a partição deve ser montada, ou o nome do RAID ou o grupo de volume lógico do qual é uma parte.
Tipo
o tipo da partição. Se a partição é padrão, este campo exibe o tipo de sistema de arquivo na partição (por exemplo, ext4). Caso contrário, ele indica que a partição é um volume físico (LVM), ou parte de um RAID por software
Formato
Uma marca nesta coluna indica que a partição será formatada durante a instalação.
Abaixo do painel baixo existem quatro botões: Create, Edit, Delete, e Reset.
Selecione um dispositivo ou partição, clicando nele tanto na representação gráfica no painel superior da lista no painel baixo, depois clique em um dos quatro botões para continuar as seguintes ações:
Criar
crie uma nova partição, volume lógico, ou RAID por software.
Editar
mude uma partição existente, volume lógico, ou RAID por software. Observe que você só poderá diminuir as partições como o botão Resize, e não aumentá-las.
Remover
remove uma partição, volume lógico ou RAID por software.
Redefinir
desfaz todas as mudanças feitas neste tela
Finalmente, observe qual dispositivo está associada ao /boot. Os arquivos do kernel e setor de carregador de inicialização serão associados com este dispositivo. Para a maioria dos casos, o primeiro DASD ou SCSI LUN será usado, mas para alguns casos não comuns, este pode não ser o caso. O número do dispositivo será usado quando responder o sistema pós instalado IPLing.

Nota

O screenshot nas subseções deste manual, às vezes mostram tipos de hard disk e nome de dispositivos que não aparecem como tal em System z. Estes screenshots pretendem somente ilustrar a interface de instalação e aplica-se igualmente aos discos DASDs e FCP-attached SCSI

23.15.1. Criar Armazenamento

O diálogo Criar Armazenamento permite que você crie novas partições de armazenamento, volumes lógicos e RAIDs por software. O Anaconda apresenta opções como disponíveis ou indisponíveis dependendo do armazenamento já presente no sistema ou configurado para transferir para o sistema.
Criar Armazenamento

Figura 23.38. Criar Armazenamento

Opções são agrupadas sob Criar Partição, Criar RAID por Software e Criar LVM

Criar Partição

Consulte Seção 23.15.2, “Adicionando Partições” para obter detalhes sobre o diálogo Adicionar Partição.

Criar RAID por Software

No System z, os subsistemas de armazenamento usam o RAID de forma transparente, e você não precisa configurá-lo.
Consulte Seção 23.15.3, “Criar RAID por Software” para obter mais detalhes.
  • Partição RAID - cria uma partição em espaço não alocado, para formar uma parte de um dispositivo de RAID por software. Para formar um dispositivo de RAID por software, duas ou mais partições de RAID devem estar disponíveis no sistema.
  • Dispositivo de RAID - combina duas ou mais partições de RAID em um dispositivo de RAID por software. Quando você escolhe esta opção, você pode especificar o tipo de dispositivo de RAID para criar (o nível do RAID. Esta opção está disponível somente quando duas ou mais partições de RAID estão disponíveis no sistema.)

Criar Volume Lógico LVM

  • Volume Físico LVM — cria um volume físico em espaço não alocado.
  • Grupo de Volume LVM — criar um grupo de volume a partir de um ou mais volumes físicos. Esta opção está disponível somente quando ao menos um volume físico está disponível no sistema.
  • Volume Lógico LVM - cria um volume lógico em um grupo de volume. Esta opção está disponível somente quando ao menos um grupo de volume está disponível no sistema.