Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

23.15.3. Criar RAID por Software

Nota

No System z os subsistemas do armazenamento usa o RAID de forma transparente. Não há necessidade para configurar um software RAID.
Matrizes redundantes de discos independentes (RAIDs) são construídos de dispositivos de armazenamento múltiplo, arranjados para prover alto desempenho e, em algumas circunstâncias, maior tolerância à falhas. Consulte o Guia de Implementação do Red Hat Enterprise Linux para uma descrição de tipos diferentes de RAIDs.
Para criar um dispositivo RAID, você deve primeiro criar as partições de RAID por software. Após criar uma ou mais partições de RAID por software, selecione RAID para juntar as partições de RAID por software a um dispositivo RAID.
Partição RAID
Escolha esta opção para configurar uma partição para RAID por software. Esta opção é a única escolha disponível se seu disco não possuir nenhuma partição de RAID por software. Este é o mesmo diálogo que aparece quando você adiciona uma partição padrão, consulte o Seção 23.15.2, “Adicionando Partições” para obter uma descrição das opções disponíveis. Observe, no entanto, que o Tipo de Sistema de Arquivo deve ser configurado para software RAID.
Criar uma partição RAID por software

Figura 23.40. Criar uma partição RAID por software

RAID Device
Escolha esta opção para construir um dispositivo de RAID de dois ou mais partições de RAID por software existentes. Esta opção está disponível se duas ou mais partições de RAID por software foram configuradas.
Criar um dispositivo RAID

Figura 23.41. Criar um dispositivo RAID

Selecione o tipo de sistema de arquivo para uma partição padrão.
Anaconda sugere automaticamente um nome para o dispositivo de RAID, mas você poderá selecionar manualmente os nomes desde md0 até md15.
Clique nas caixas de seleção ao lado dos dispositivos de armazenamentos individuais para incluir ou removê-los deste RAID.
O RAID Level corresponde ao tipo particular de RAID. Escolha a partir das seguintes opções:
  • RAID 0 — distribui dados para os dispositivos de armazenamento múltiplos. O RAID Nível 0 oferece alto desempenho sob as partiçẽos padrão, e pode ser usado apra pool de armazenamento de dispositivos múltiplos em um dispositivo grande virtual. Observe que o RAID nível 0 não oferece redundância e a falha de um dispositivo na diretriz destrói toda a diretriz. O RAID 0 requer ao menos duas partições RAID.
  • O RAID 1 — espelha os dados em um dispositivo de armazenamento em um ou mais dispositivos de armazenamento. Dispositivos adicionais na diretriz fornece níveis avançados de redundância. O RAID 1 requer ao menos duas partições RAID.
  • O RAID 4 — distribui dados nos dispositivos de armazenamento múltiplos, mas usa um dispositivo na matriz para armazenar informações de paridade que asseguram a matriz no caso de qualquer dispositivo dentro da matriz falhar. Como todas as informações de paridade são armazenadas em um dispositivo, acesso à este dispositivo cria um limite no desempenho da matriz. O RAID 4 requer ao menos três partições de RAID.
  • RAID 5 — distribui dados e informações de paridade entre os dispositivos de armazenamento múltiplo. O RAID nível 5 oferece portanto as vantagens de desempenho de distribuição de dados para os dispositivos, mas não compartilha o desempenho bottleneck do nível 4 pois as informações de paridade são também distribuídas pela matriz. O RAID 5 requer ao menos três partições de RAID.
  • RAID 6 — RAIDs de nível 6 são semelhantes ao de nível 5, mas ao invés de armazenar somente um conjunto de dados de paridade, eles armazenam dois conjuntos. O RAID 6 requer ao menos quatro partições de RAID.
  • O RAID 10 — Os RAIDs de nível 10 são RAIDs aninhados ou RAIDs híbridos. Os RAIDs de nível 10 são construídos com a distribuição de dados sob os conjuntos espelhados de dispositivos de armazenamento. Por exemplo, o RAID de nível 10 construído de quatro partições de RAID, consistem em dois pares de partições no qual uma partição espelha a outra. Os dados são então distribuídos entre ambos os pares de dispositivo de armazenamento, como no nível RAID 0. O RAID 10 requer ao menos quatro partições de RAID.