Capítulo 3. Instalando o DM-Multipath

Este capítulo fornece procedimentos de amostra passo-a-passo, para configurar o DM-Multipath. Ele inclui os seguintes procedimentos:
  • Instalação básica do DM-Multipath
  • Ignorar os discos locais
  • Adicionar mais dispositivos ao arquivo de configuração
  • Iniciando o multipath no sistema de arquivo initramfs

3.1. Instalando o DM-Multipath

Antes de instalar o DM-Multipath no seu sistema, assegure-se de que seu sistema foi atualizado e inclui o pacote device-mapper-multipath
Você configurou o multipath com a ferramenta mpathconf a qual cria o arquivo de configuração do multipath /etc/multipath.conf.
  • Se o arquivo /etc/multipath.conf já existir, a ferramenta mpathconf irá editá-lo.
  • Se o arquivo /etc/multipath.confnão existir, a ferramenta mpathconf usará o arquivo /usr/share/doc/device-mapper-multipath-0.4.9/multipath.conf como arquivo inicial.
  • Se o arquivo /usr/share/doc/device-mapper-multipath-0.4.9/multipath.conf não existe, a ferramenta mpathconf irá criar o arquivo /etc/multipath.conf desde o início.
Se você não precisar editar o arquivo /etc/multipath.conf, você pode configurar o DM-Multipath para uma configuração de failover básica, executando o seguinte comando. Este comando habilita o arquivo de configuração do multipath e inicia o daemon multipathd.
# mpathconf --enable --with_multipathd y
Se você precisar editar o arquivo /etc/multipath.conf antes de iniciar o daemon multipathd, use o seguinte procedimento para configurar o DM-Multipath para uma configuração de failover básica.
  1. Execute o comando mpathconf com a opção --enable especificada:
    # mpathconf --enable
    Para informações sobre opções adicionais no comando mpathconf que você possa precisar, veja o man page do mpathconf ou execute o comando mpathconf com a opção --help especificada.
    # mpathconf --help
    usage: /sbin/mpathconf <command>
    
    Commands:
    Enable: --enable 
    Disable: --disable
    Set user_friendly_names (Default n): --user_friendly_names <y|n>
    Set find_multipaths (Default n): --find_multipaths <y|n> 
    Load the dm-multipath modules on enable (Default y): --with_module  <y|n>
    start/stop/reload multipathd (Default n): --with_multipathd  <y|n>
    chkconfig on/off multipathd (Default y): --with_chkconfig  <y|n>
    
  2. Edite o arquivo /etc/multipath.conf se necessário. As configurações padrões para DM-Multipath estão compiladas no sistema e não precisam ser ajustadas explicitamente no arquivo /etc/multipath.conf.
    O valor padrão do path_grouping_policy é configurado para failover, assim neste exemplo você não precisa editar o arquivo/etc/multipath.conf . Para informações sobre como mudar os valores no arquivo de configuração para algo que não seja padrão, veja Capítulo 4, O arquivo de Configuração DM-Multipath.
    A seção de padrões iniciais do arquivo de configuração, configura seu sistema como se os nomes dos dispositivos do multipath fossem sob a forma de mpathn; sem esta configuração os nomes do dispositivo do multipath teriam um alias para o WWID do dispositivo.
  3. Salvar o arquivo de configuração e sair do editor, se necessário.
  4. Execute os seguintes comandos:
    # service multipathd start
Como o valor de user_friendly_name está configurado para yes no arquivo de configuração, os dispositivos do multipath serão criados como /dev/mapper/mpathn. Para obter mais informações sobre como configurar o nome do dispositivo para um alias de sua escolha, veja o Capítulo 4, O arquivo de Configuração DM-Multipath.
Se você não quiser usar os nomes facilitados para usuário, você pode executar o seguinte comando:
# mpathconf --enable --user_friendly_names n

Nota

Caso você acredite que precisa editar o arquivo de configuração do multipath após ter iniciado o daemon do multipath, você precisará executra o comando service multipathd reload para que as mudanças tomem efeito.