Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

Capítulo 15. Virtualização

Suporte para armazenamento com setores de 4096 bytes no Hyper-V

As máquinas virtuais Red Hat Enterprise Linux em execução no hipervisor Microsoft Hyper-V agora são capazes de fazer um uso adequado dos setores de 4096 bytes para armazenamento, quando esse tamanho de setor é relatado pelo host. Isto pode melhorar amplamente o desempenho de E/S das máquinas virtuais em execução do Red Hat Enterprise Linux no tipo de armazenamento descrito.

Relatórios de falhas no kernel adicionados no Hyper-V

As máquinas virtuais Red Hat Enterprise Linux em execução no hipervisor Microsoft Hyper-V agora são capazes de informar falhas no kernel ao host do Hyper-V. Caso tais falhas ocorram, os dados de notificação de pânico do kernel são capturados no Windows Event Viewer como um evento 18590, o qual contém o RIP (ponteiro de instrução relativa) e 4 registros de CPU básicos.

Suporte a TRIM no Hyper-V

Esta atualização adiciona suporte às máquinas virtuais no Microsoft Hyper-V por desempenhar a operação TRIM nos arquivos (VHDX) do disco rígido virtual do Hyper-V. Isto previne que os arquivos VHDX nessas máquinas cheguem a tamanhos excessivos e, como resultado disto, é possível agora usar o armazenamento VHDX com provisionamento dinâmico.

Suporte a Protocolos do Hyper-V no Windows 10

A partir da versão 6.8, o Red Hat Enterprise Linux passa a fornecer suporte aos protocolos de host no Windows 10 e no Windows Server 2016, quando o Red Hat Enterprise Linux está em execução como uma máquina virtual no Microsoft Hyper-V.

Configurando a senha da conta para usuários convidados

O comando guest-set-user-password foi introduzido para o agente convidado QEMU. Isto permite a configuração de senha da conta para qualquer usuário convidado, incluindo o administrador, ao usar o QEMU-KVM.

Suporte virtio-win para o Windows 10

O pacote virtio-win inclui agora drivers para o Windows 10, permitindo que os usuários do virtio-win criem máquinas virtuais Windows 10.

As máquinas virtuais Red Hat Enterprise Linux 6 em execução no Hyper-V Generation 2 passam a ter suporte completo

Com o Red Hat Enterprise 6.8, o Red Hat Enterprise Linux 6 passa a ter suporte completo para ser hospedado como máquina virtual no Generation 2 no 2012 R2 e nas versões mais recentes do host Microsoft Hyper-V Server. Além das funções já com suporte da geração anterior, o Generation 2 fornece novas funções às máquinas virtuais, como a inicialização a partir de um disco rígido virtual SCSI e o suporte de firmware UEFI.

rebase do virt-who para a versão 0.16-7

  • As consultas virt-who do hipervisor Hyper-V foram estendidas para incluir a capacidade (contagens de soquetes para que a subscrição aplicada ao hipervisor possa ser avaliada), o nome e o tipo a serem exibidos no inventário SMS, facilitando a identificação do sistema para o usuário.
  • O intervalo virt-who, VIRTWHO_INTERVAL=, foi estendido para 1 minuto para evitar falhas na comunicação com o Subscription-Manager.
  • virt-who fornece suporte agora para a conexão entre o Red Hat Enterprise Virtualization (RHEV-M) e o hipervisor Hyper-V através de proxys.
  • É possível agora a filtragem de hosts enviados pelo virt-who para o Red Hat Subscription-Manager.
  • virt-who é capaz de informar quais convidados virtuais das máquinas virtuais estão ativos nos hipervisores conhecidos.