Menu Close

Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

4.6.3. EDIT MONITORING SCRIPTS Subsection

Clique no link SCRIPTS DE MONITORAÇÃO no topo da página. A subseção da EDIÇÃO DE SCRIPTS DE MONITORAÇÃO permite um administrador especificar uma seqüência de envio/esperado para verificar qual serviço do servidor virtual é funcional, em cada servidor real. Este é também o lugar onde o administrador pode especificar os scripts personalizados para checar os serviços requerendo os dados de mudança dinamicamente.
The EDIT MONITORING SCRIPTS Subsection

Figura 4.9. The EDIT MONITORING SCRIPTS Subsection

Sending Program
Para uma verificação mais avançada de serviço, você pode usar este campo para especificar o caminho do script de checagem de serviço. Esta funcionalidade é de grande ajuda para os serviços que requerem a mudança de dados dinamicamente, como o HTTPS ou SSL.
Para o uso desta funcionalidade, você deverá escrever um script que retorna a uma resposta textual, configurar isto para ser executável, e digitar o caminho para isto no campo Programa Enviado.

Nota

To ensure that each server in the real server pool is checked, use the special token %h after the path to the script in the Sending Program field. This token is replaced with each real server's IP address as the script is called by the nanny daemon.
Segue a seguir um script de exemplo para ser utilizado como um guia, quando compondo um script de checagem de serviço externo:
#!/bin/sh

TEST=`dig -t soa example.com @$1 | grep -c dns.example.com

if [ $TEST != "1" ]; then
	echo "OK
else
	echo "FAIL"
fi

Nota

Caso um programa externo entre no campo Programa Enviado, o campo Enviar será ignorado.
Send
Entre uma seqüência do nanny daemon para envio de cada servidor real neste campo. Por padrão o campo enviado é completado para o HTTP. Você pode alterar este valor dependendo de suas necessidades. Caso você deixe este campo em branco, o nanny daemon tentará abrir o portal e assumirá o serviço, executando-o caso este suceda.
Apenas uma seqüência é permitida neste campo, e pode conter apenas caracteres imprimíveis, como também os seguintes caracteres de fuga:
  • \n para uma nova linha.
  • \r para retorno de reboque.
  • \t para tabela.
  • \ para pular para o próximo caracter que segue a seguir.
Expect
Entre a resposta textual da qual o servidor deve retornar, caso isto esteja funcionando propriamente. Caso você escreva o seu próprio programa enviado, entre a resposta em que você entrou para envio, no caso desta ser bem sucedida.

Nota

Para determinar o que deve ser enviado para o serviço dado, você poderá abrir a conexão ao portal no servidor real e verificar o que foi retornado. Por exemplo, o FTP reporta 220 por conexão, podendo então entrar mais rápido no campo Enviado e 220 no campo Esperado.

Atenção

Lembre-se de clicar no botão ACEITAR após realizar qualquer mudança neste painel. Com isto, você terá a garantia de que você não perderá qualquer alteração, quando estiver selecionando um novo painel.
Once you have configured virtual servers using the Piranha Configuration Tool, you must copy specific configuration files to the backup LVS router. See Seção 4.7, “Arquivos de Configuração Sincronizados” for details.