Menu Close

Red Hat Training

A Red Hat training course is available for Red Hat Enterprise Linux

1.4. Métodos de Roteamento

A Red Hat Enterprise Linux usa a Tradução do Endereço da Rede ou Roteamente NAT para o LVS, do qual permite ao administrador uma grande flexibilidade quando utilizando o software disponível e integrando o LVS numa rede existente.

1.4.1. Roteamento NAT

Figura 1.3, “LVS Implemented with NAT Routing”, illustrates LVS utilizing NAT routing to move requests between the Internet and a private network.
LVS Implemented with NAT Routing

Figura 1.3. LVS Implemented with NAT Routing

Neste exemplo, existem dois NICs no roteador LVS ativo. O NIC para a Internet tem um endereço IP real no eth0 e endereço IP flutuante com alias para o eth0:1. O NIC para a interface da rede privada tem um endereço IP real no eth1, e possui um endereço IP flutuante com alias para o eth1:1. Num evento de falha, a interface virtual direcionada à Internet e a interface virtual direcionada à privada são comandadas pelo roteador LVS de backup simultaneamente. Todos os demais servidores localizados na rede privada usam o IP flutuante para o roteador NAT, assim como a rota padrão para comunicar-se ao roteador LVS ativo. Desta forma, a habilidade deles de responder as solicitações da Internet não é debilitada.
In this example, the LVS router's public LVS floating IP address and private NAT floating IP address are aliased to two physical NICs. While it is possible to associate each floating IP address to its own physical device on the LVS router nodes, having more than two NICs is not a requirement.
Usando esta topologia, o roteador LVS ativo recebe a solicitação e a roteia ao servidor apropriado. O servidor real então processa a solicitação e retorna os pacotes ao roteador LVS, do qual usa a tradução do endereço da rede para substituir o endereço do servidor real nos pacotes com os endereços VIP público de roteadores LVS. Este processo é chamado máscara IP, pois os endereços IP atuais dos servidores reais estão escondidos dos clientes solicitantes.
Usando este roteamento NAT, os servidores reais podem ser qualquer tipo de máquina executando vários sistemas operantes. A maior desvantagem é que o roteador LVS pode começar um afunilamento em grande implantação de cluster, pois isto deve processar as solicitações de saída, como também as solicitações de entrada.