3.11. Otimizações em Espaço de Usuário

Ao reduzir a quantidade de trabalho realizado pelo hardware de sistema é fundamental economizar energia. Portanto, embora mudanças descritas em Capítulo 3, Infraestrutura do Núcleo e Mecânica permitam que o sistema opere em diversos estados de consumo de energia reduzido, os aplicativos no espaço de usuário que requer trabalho desnecessário do hardware do sistema, evita que o hardware insira estes estados. Durante o desenvolvimento do Red Hat Enterprise Linux 6, as audições foram tomadas nas seguintes áreas para reduzir demandas desnecessárias nos hardware:
Despertar reduzido
O Red Hat Enterprise Linux 6 usa um tickless kernel (consulte Seção 3.4, “Kernel sem Tick”), que permite que as CPUs a ficarem em estados ociosos mais profundos. No entanto, o timer tick não é a única fonte de ativamento de CPU excessivo e chamadas de função dos aplicativos também podem evitar que a CPU entre ou fique em estados ociosos.As chamadas de função desnecessárias foram reduzidas em mais de 50 aplicativos.
Armazenamento reduzido e rede IO
Entrada e saída (ES) para dispositivos de armazenamento e interfaces de rede forçam dispositivos a consumir energia. Nos dispositivos de armazenamento e rede que apresentam estados de energia reduzidos quando ociosos (por exemplo, ALPM ou ASPM), este trânsito pode evitar que o dispositivo ensira ou fique em estado ocioso, e pode evitar que os discos rígidos girem pra baixo quando não estiverem em uso. As demandas excessivas e desnecessárias no armazenamento foram minimizadas em diversos aplicativos. Especialmente aquelas demandas qeu evitam o disco rígido de girar para baixo.
Auditoria Initscript
Os serviços iniciam automaticamente, quer requerido ou não, possuem um grande potencial de recursos de sistema de disperdício. Os serviços deveriam ficar como padrão em "off" ou "on demand" sempre que possível. Por exemplo, o serviço BlueZ que ativa o suporte do Bluetooth, antes rodava automaticamente quando o sistema inicializava, mesmo quando o Bluetooth não estava presente. O initscript do BlueZ agora verifica se o hardware do Bluetooth está presente no sistema antes de iniciar o serviço.